Em vez de POR QUÊ? Experimente perguntar PRA QUÊ?#PAPORETO com Ana Braga

Em princípio, as duas perguntas parecem muito semelhantes. Porém, se observadas com sensibilidade e sutileza, encontramos entre elas uma diferença essencial: a intenção com que as fazemos! Perguntamos por quê? quando estamos vivendo...