Educar com e para a verdade! Por Rosana Silveira/ Coach Life

Olá! Sabe aquela história muito comum em todas as casas que ao tocar o telefone o adulto diz para a criança:

_ Atenda! Se for fulana diga que não estou!

Pois é, este adulto ensinou a criança a mentir. Feio, né?

Este é um dos exemplos que trago do nosso dia a dia. São estas “pequenas” mentiras que validam as “grandes e pequenas” mentiras que serão contadas pelos filhos.

A criança aprende muito mais pelo exemplo!

Por mais difícil que possa parecer atender aquele telefonema seria a grande oportunidade de ensinar a criança como é que o adulto lida com uma situação que não o satisfaz.

Seria interessante que ao atender ao telefone o adulto dissesse:

_ Fulano, neste momento eu não posso falar com você. Que tal nos falarmos mais tarde?

Ou ainda se for necessário ser mais firme:

_ Fulano, por gentileza, eu lhe peço que não me ligue mais.

Sua resposta serviria para a educação de muitos valores. Dentre eles: protagonismo, honestidade, educação, coragem, maturidade e muito mais.

Se os filhos crescem neste ambiente de verdade, mesmo que em alguns momentos sejam doloridos, eles também serão verdadeiros com os pais.

Terão coragem de contar seus erros, seus medos porque sabem que o ambiente da casa permite a verdade.

modaestilo

Deixe uma resposta