“Direitos e deveres!Devem ser aprendidos desde a infância” Por Acenildes Uliani/ ” O Mundo da Gigi”

em

 

Como nossa rotina nos cobra o tempo todo não é mesmo?Estava refletindo sobre os diferentes deveres que todos nós temos , independente da faixa etária.E como todos somos cobrados em diversos momentos, tornando nosso dia a dia tão desgastante!

Sendo assim,devido a tantas pressões que sofremos constantemente,terminamos por nos defender o tempo todo e passamos isso , sem perceber, para as crianças que convivemos!

Mas para que essa defesa seja válida, seja real, acredito que temos uma constante preocupação em ”lutar” por nossos direitos e por vezes, esquecemos dos nossos deveres, afinal, só assim teremos o equilíbrio tão desejado na sociedade.!

Por isso é importante estabelecermos limites às nossas crianças em cada momento do dia!

Que tipos de limites?Vocês devem estar perguntando.Quais são eles?

Regras existem, não podemos fazer tudo que queremos e elas precisam ser seguidas , cumpridas e ensinadas de modo claro às crianças.

Brincou?Guarde os brinquedos depois!

Hora de tarefa?Estipule local e horário fixo de preferência.E assim prossiga com todas as tarefas do dia a

dia.Óbvio que pode ser flexível , às vezes, porém ter disposição somente para o lazer e não ter para as obrigações , estaremos educando uma criança a ficar “mal acostumada” e que acreditará que pode fazer tudo “quando” e “onde” quiser!Mas tenhamos em mente que as crianças crescem e serão os adultos do futuro e daí?

Será que a sociedade também cederá aos seus caprichos??

Limites são ensinados desde a infância e o exemplo dos adultos que convivem com as crianças é algo fundamental e imprescindível sempre!Não poderá exigir da criança o que não faz.

Por exemplo:se os levarem na escola e “rapidamente” estacionarem no local onde está a guia rebaixada para o cadeirante passar, ou na faixa de pedestre, que mensagem estará deixando?Já pensou sobre isso?

-Ah, mais é só 1 minutinho!

Não importa o tempo!A mensagem embutida na sua atitude, mostrará ao seu filho que ele também pode “burlar” regras.Somos exemplos 24 horas por dia.Se deixarem que abram produtos no supermercado, durante a compra e permitir que comam antes de pagar(mesmo sendo menores), qual mensagem passou à criança?Reflita.

E aqui, eu poderia elencar “zilhões” de atitudes aparentemente “corriqueiras” que acontecem e nem percebemos.

Fiquem atentos ok?Temos direitos sim, mas deveres também!Devem ser parceiros , estarem em sintonia na mesma proporção.

E esse tema vem de longa data…e nossas crianças precisam serem educadas para que tenham um futuro melhor.Lembrei de uma atividade no colégio de Gigi, aos 5/6 anos, onde estudavam sobre as influências afro-descendentes na cultura brasileira e em certo dia , ela veio me perguntar:

-Mãe, você sabia que antigamente existiam escravos?

-Sim Gi, eu sabia.

Ela continuou:

-E eles trabalhavam sem receber, sabia mãe?Até batiam neles!-me disse indignada com o fato de trabalhar sem receber.

-Sim, estudei sobre isso também.Triste néh Gigi?

Ela voltou a brincar e depois de uns 15 min , me pergunta de novo:

-Mãe …e a Val?- (Valdirene é nossa diarista, a qual Gigi adora!)

Estranhei, mas perguntei:

-O que tem ela Gi?

-Você paga ela direitinho néh mãe?

-Sim Gi, claro que pago, ela recebe direitinho, com todos os direitos que são dela!

Gigi, dá um sorriso enorme, respira fundo e diz aliviada:

-Ufa , mãe, ainda bem! Eu não queria que ela fosse nossa escrava igual vi no livro.

Contei para Val e rimos muito!

Me senti muito feliz, que bom que nossas crianças preocupam-se com o próximo, com o direito de todos!Não deixemos que elas percam essa pureza e esse altruísmo que muitos adultos não tem.

Que ninguém tente aprisionar os pensamentos das crianças e eles sejam preservados até a fase adulta.Somente assim crescerão fazendo “a sua parte” na sociedade, atualmente tão repleta de pessoas que só pensam em si mesmas, centradas apenas no !”próprio umbigo” ,afinal precisamos libertar-nos de muitas outras amarras que nos aprisionam no mundo!

Nunca nos esqueçamos: ”O direito de um , é o direito de todos!A liberdade é um direito adquirido, aliada à responsabilidade.

Ensinemos nossos filhos qual o caminho e eles prosseguirão quando não estivermos mais perto!

Meu desejo de hoje é um mundo mais justo para todos nós!

Um abraço! Cê

modaestilo (3)

6 comentários Adicione o seu

  1. Fabiana Lopes disse:

    Muito bom Cê, as crianças realmente estão espertas em não compactuarem mais com as injustiças passadas.
    Escravidão então? Se possível NUNCA mais e de nenhuma forma.
    Direitos e deveres, quanto antes elas aprenderem melhor pra todos .
    Abraços Cê

    1. Acenildes Uliani disse:

      Obrigada Fabiana.

  2. Nanda Crafts disse:

    É muito difícil balancear direito e dever, eu creio que quando trata de criança é ainda um pouco mais complicado, afinal, você delimita direito e dever para alguém que às vezes não tem total compreensão ainda das coisas. Tarefa que exige disciplina principalmente dos pais que são exemplos para os filhos.

    1. Acenildes Uliani disse:

      Exatamente esse é o ponto principal Nanda Crafts…o exemplo! Adultos precisam estar atentos pois são exemplos.O que não significa que não possam errar,mas daí ensinarão também a reconhecer que não somos perfeitos e podemos sempre recomeçar e tentar fazer e ser melhor!Um abraço!

  3. Wander Uliani disse:

    A tarefa dos pais e educadores exige muita atenção pois exemplo é sempre muito importante!

    1. Acenildes Uliani disse:

      Sempre… exemplo é essencial!

Deixe uma resposta