Pintura . Será uma Arte ou Terapia?

em

Hoje li esse texto e amei gostaria de compartilhar com vocês que também amam arte!

Mãos-segurando-um-pincel-e-uma-paleta-para-pintar - A pintura como terapia - blog pitacos e achados

Olá pessoal!!

No livro de Ken Robinson “O Elemento” é contada a seguinte história em relação à pintura: uma professora de escola primária estava dando uma aula de desenho e no fundo da sala sentava uma menina que não costumava prestar atenção, exceto nas aulas de desenho. A menina desenhou durante vinte minutos, concentrada nos seus pensamentos e a professora decidiu lhe perguntar o que estava desenhando.

A aluna respondeu: “Estou desenhando Deus”. A professora disse: “Mas ninguém sabe como é Deus”, e a menina retorquiu: “Saberão em breve”. Esta história nos mostra a importância do desenho e da pintura e como os dois podem ser usados como terapia para nos conectar com o mundo.

“Arte é a expressão dos mais profundos pensamentos da maneira mais simples”.
-Albert Einstein-

O que é a psicologia da arte?

Psicologia da arte é um campo da psicologia dedicado ao estudo dos fenômenos da criação e apreciação artística a partir de uma perspectiva psicológica. Existem muitos aspectos que ligam a psicologia da arte à psicologia geral, como a percepção, a emoção, a memória, o e a linguagem.

Muitos psicoterapeutas têm demonstrado os efeitos benéficos da arte para ajudar os seu pacientes com queixas psicológicas, já que a arte em todas as suas vertentes (pintura, dança, música, escrita, teatro, etc.) liberta a subjetividade do indivíduo. Deste modo, é possível usar a arte para resolver conflitos, problemas de comunicação, dificuldades de expressão e muitos outros aspectos psicológicos.

Os benefícios da terapia com pintura

Pintar numa tela, no papel ou em qualquer superfície que nos permita expressar pode ser uma forma de demonstrar sentimentos e pensamentos para pessoas que precisam se comunicar, mas não conseguem fazer isso de outra forma. É um tipo de terapia alternativa e natural que pode ter muitos benefícios, como por exemplo:

  • Melhora a comunicação

Aquelas pessoas que começam uma terapia com pintura costumam ser tímidas e retraídas, tendo dificuldade em se comunicar com a sua família e até mesmo com os seus terapeutas. No entanto, essas pessoas são capazes de libertar a sua criatividade e expressar sentimentos e emoções com a pintura.

“Não se trata de pintar a vida, trata-se de fazer viva a pintura”.
-Paul Cézanne-
  • Aumento da autoestima

Quando a terapia com pintura se realiza em um ambiente amigável, relaxado e agradável, um paciente pode alcançar grandes realizações pessoais incentivado pelo psicoterapeuta, e isso irá fortalecer a sua autoestima. Este ponto pode ser importante para pessoas com problemas de codependência ou traumas, e que precisam fortalecer a autoestima e aprender a se amar e a se valorizar.

  • Motricidade

Assim como acontece quando tocamos um instrumento musical, ao usarmos um pincel ou um lápis na pintura, aprendemos a controlar os movimentos da mão e a desenvolver conexões cerebrais relacionadas a essa atividade. Nos adultos, a pintura pode ajudar a melhorar a motricidade fina.

  • O cérebro em movimento

Ambos os hemisférios do cérebro são estimulados com o desenho e a pintura, tanto o esquerdo quanto o direito. O esquerdo implica o lado lógico e racional, enquanto o direito está relacionado com a nossa criatividade e com as nossas emoções. Trata-se de dar asas à nossa imaginação e deixá-la voar para que os nossos pensamentos mais profundos também possam respirar.

  • Concentração

A dedicação à pintura (ou a qualquer outro tipo de criação artística) requer concentração. Pintar é um trabalho minucioso que nos permite esquecer tudo ao nosso redor e fluir, fazendo com que o tempo passe sem nos darmos conta.

O estado de concentração avançado se chama Alfa e tem sido objeto de vários estudos. Trata-se de um estado durante o qual uma parte do cérebro está consciente e a outra faz surgir o inconsciente. Esse mesmo estado é atingido com a oração, com a meditação ou com a música.

  • Inteligência emocional

As emoções são uma parte muito importante da nossa criatividade. Com a pintura podemos deixar fluir as emoções e experimentar felicidade, amor, empatia e paz. O relaxamento que obtemos através da pintura ajuda a conseguir harmonia entre o coração e a mente. 

“O verdadeiro pintor é aquele capaz de pintar cenas extraordinárias no meio de um deserto vazio. O verdadeiro pintor é aquele capaz de pintar pacientemente uma pera rodeado dos tumultos da história”.
-Salvador Dalí-
Amei esse texto tive que reblogar!
Gratidão  blog Pitacos e Achados
modaestilo (5)

1 comentário Adicione o seu

  1. Obrigada querida!! Bjs

Deixe uma resposta