Massoterapia – A terapia através do toque. Por Maria Eugênia F. Celeghin/ Naturóloga

Quem não curte uma massagem, não é mesmo? O que muitos não sabem é que os benefícios desta prática vão muito além dos físicos ou estéticos.

A massagem com foco terapêutico, a massoterapia, trata o corpo em conjunto com os aspectos emocionais e energéticos. Isso mesmo, a postura, a rigidez muscular e os famosos “nós” dizem muito sobre o estado que as pessoas se encontram.

O peso nas costas depois daquela reunião estressante do trabalho, o pescoço rígido após uma mudança repentina ou a tensão nos ombros quando somos submetidos a novas responsabilidades, são exemplos que podem indicar um desequilíbrio energético e/ou emocional.

Para aliviar as dores físicas e proporcionar um alívio também energético, partindo do acolhimento e do toque, o massoterapeuta prepara e escolhe a técnica mais adequada a cada caso.

Partindo das linhas mais tradicionais, existem as massagens orientais, vindas da China, Índia e Tailândia, onde a harmonia entre o toque, os alongamentos e a respiração garantem uma sessão e tratamento completo e direcionado.

Mas não são somente os toques orientais que fazem efeito, incluir os aspectos energéticos em massagens ocidentais também agrega muito ao resultado final.

Um exemplo, quando realizamos uma drenagem linfática corporal, onde o objetivo parece ser apenas estético ou fisiológico, podemos associar os aspectos emocionais sobre o reter, o apegar-se, o guardar. Quais sentimentos e/ou situações esta cliente traz dentro de si que impede o livre fluxo de seus líquidos pelo corpo?

Estas reflexões, e o fato de ampliar a consciência corporal, fazem da massoterapia uma excelente aliada aos tratamentos multidisciplinares, auxiliando psicólogos e demais terapeutas em casos como os de bulimia,

anorexia e distorção da imagem. O toque auxilia no despertar do corpo, no autoconhecimento, no acolhimento e na aceitação.

modaestilo (4)

 

Deixe uma resposta