A diversidade como valor. Por Rosana R.S. Silveira/Coach life

É inegável o caráter plural do brasileiro em função da mestiçagem de seu povo, pano de fundo das expressões culturais mais diversas ao longo do território brasileiro.

O ponto crucial do debate sobre diversidade são as diferenças físicas, étnicas, culturais, de gênero, e que sejam consideradas como desigualdade e esta desigualdade levadas para menos.

Propõe-se, portanto, que diversidade seja compreendida como um valor, onde estão implicadas e articuladas as seguintes ideias: de igualdade na diferença, de diferença na igualdade, de diferença socialmente transformada em desigualdade.

É necessário ir além da constatação de que somos todos diferentes. É preciso localizar e corrigir as distorções eliminando os mecanismos produtores de desigualdade.

Trata-se de detectar aqueles talentos, para que todos ganhem com a convivência e participem da diversidade como valor.

Assim, a ideia de diversidade se coloca nesse momento como um valor a ser perseguido.

No cotidiano das organizações a busca pela representação da diversidade humana em seu bojo deve traduzir-se em ações concretas, que vão desde uma redefinição da política de recursos humanos até a revisão das atitudes de todos os colaboradores.

O respeito à diversidade como valor implica em atitudes proativas que levem da contemplação à ação cotidiana.

Este respeito pode ser medido em graus, seja em uma sociedade ou uma organização, o que nos permite medir o quanto elas se empenham no sentido da promoção da diversidade.

Em casa com ações muito simples podemos respeitar a diversidade respeitando cada um como é. Não rotulando as falhas de cada um, por exemplo: “Ele sempre fica de recuperação.”, ou, “É lento mesmo”, ou ainda “Tinha que ser loira”.

modaestilo

Um comentário em “A diversidade como valor. Por Rosana R.S. Silveira/Coach life

  1. Precisamos respeitar mais as diferenças. Nos forçamos tanto a fazermos parte da maioria para sermos aceitos nos esquecendo que as diferenças que contribuem para termos resultados diferentes no coletivo.

Deixe uma resposta